4.27.2017

à nós

num tropeço de tempo, me reencontrei
num relampejar
me descobri
ou redescobri
mas será que já me conheci?

sinto que a vida começou depois do dia que te amei, mulher
do dia que meus sambas tinham como inspiração sorrisos e sua cintura
não mais adeus
não mais choro
não mais saudade

te quero envolta de mim
a gente sendo nós
esculpindo destinos
escolhendo rotas
quem sabe a gente se revolta
e não foge?

te quero, te amo
tu me tens
e é pra enquanto durar
e por isso é pra comemorar
que vai demorar
que vai eternizar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

24/05 - coração cantou.